jose_pacheco

José Pacheco

José Pacheco é um dos maiores educadores que já passaram por aqui. Embora eu já desconfiasse, só pude realmente afirmar isso após passar dois dias com esse ser humano 100% conectado e entregue à uma missão tão bela quanto fundamental nos dias que atravessamos. Fundador da Escola da Ponte, em Portugal, e um dos idealizadores do Projeto Âncora, no Brasil, o carismático contador de histórias português vem inspirando adultos e salvando crianças ao redor do mundo, pois entendeu algo que ele resume de forma simples e direta:

aprender é inevitável, ensinar é impossível.

 Em ambas as escolas citadas não há provas, nem aulas. No entanto, as crianças não só aprendem, como gostam de frequentar a escola (ou como o próprio Pacheco prefere chamar, comunidade de aprendizagem)! Mais de 40 anos depois de seu surgimento, hoje a Escola da Ponte é uma das mais bem avaliadas nas provas nacionais em Portugal e já é referência em todo globo, influenciando escolas em pelo menos 28 países. O material na web sobre José Pacheco e a Escola da Ponte é extenso. Deixo abaixo uma de suas inúmeras palestras como introdução aos que estão iniciando sua pesquisa agora e incentivo a todos que façam sua própria pesquisa sobre as formas incríveis de aprendizagem que já estão ocorrendo em muitos pontos do globo, há mais tempo do que se imagina.

A seguir, meu depoimento e pergunta ao José Pacheco, durante um encontro que ocorreu em Piracanga, em agosto de 2015, em uma comunidade de aprendizagem, situada na Península de Maraú/BA, onde morei por um tempo.

Aqui o Trailer do documentário Quando Sinto Que Já Sei, conforme o Zé Pacheco indicado ao final de sua resposta:

Aqui algumas imagens cedidas carinhosamente pelo No Astral, durante o encontro com o educador português em Piracanga/BA.

Fotos por Gustavo Pera.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on Twitter
Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on Twitter
facebook-profile-picture

The author

Desde criança, sempre busquei a resposta para as seguintes perguntas: Quem eu sou? De onde eu vim? O que estou fazendo aqui? Pra onde eu vou? Essa busca acabou por se tornar prioritária em minha vida. Graças a todos que compartilharam e compartilham seus conhecimentos, tenho feito grandes transformações em minha vida. Assim, foi natural a decisão de compartilhar aqui as informações mais relevantes ao meu processo de evolução, inspirando cada vez mais pessoas a seguirem seus próprios corações.