giodano-bruno

Giordano Bruno

Sigamos ao próximo exemplo, agora 1600 anos depois da passagem do, ainda tão pouco compreendido, Cristo.

Embora falar que a Terra girava em torno do Sol, era um crime punido com a fogueira da Inquisição, Copérnico e Einstein foram aceitos sem maiores problemas, pois eles não tocaram nos pontos “onde o calo aperta” em se tratando do status quo mantido a todo custo pela alcateia de governantes desse planeta. Giordano Bruno, não teve a mesma cautela. Ou talvez tenha tido mais coragem. Foi assassinado pelo Estado porque dizia que havia vida em outros planetas. Veja bem, não estamos falando de um criminoso. Giordano era um frade que trabalhou como teólogo, filósofo e escritor. Quem pesquisar, verá que ele foi acusado de panteísmo equeimado vivo por defender enfaticamente a infinitude do Universo que, segundo ele, seria um conjunto que se transforma continuamente. Um dos pontos chaves de sua cosmologia é a tese do universo infinito e povoado por uma infinidade de estrelas, como o Sol, e por outros planetas, nos quais, assim como na Terra, existiria vida inteligente. Sua perspectiva se define a partir das idéias de Nicolau da CusaNicolau Copérnico e Giovanni Battista della Porta. Quer dizer, aqui nesse planeta, queimar na fogueira pode, mas daí falar que há vida em outros planetas, isso é inaceitável! Afinal, isso é verdade e A Verdade liberta. Portanto, os operários do sistema (pra não dizer escravos) devem ser mantidos bem longe de qualquer tipo de contato com A Verdade. Quer fatos mais escancarados sobre a realidade terrestre do que os ocorridos nessa mancha negra de nossa história, conhecida como Inquisição?

Mas enfim, sigamos um pouco mais na história. Conheça agora um pouco mais sobre Abraham Lincoln, um grande líder que se mirou em grandes cordeiros.

Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on Twitter
Email this to someoneShare on FacebookTweet about this on Twitter
facebook-profile-picture

The author

Desde criança, sempre busquei a resposta para as seguintes perguntas: Quem eu sou? De onde eu vim? O que estou fazendo aqui? Pra onde eu vou? Essa busca acabou por se tornar prioritária em minha vida. Graças a todos que compartilharam e compartilham seus conhecimentos, tenho feito grandes transformações em minha vida. Assim, foi natural a decisão de compartilhar aqui as informações mais relevantes ao meu processo de evolução, inspirando cada vez mais pessoas a seguirem seus próprios corações.